TRANSPLANTE CAPILAR

O que é?

O transplante capilar é a transferência de raízes pilosas da área doadora (área que não é afetada pela calvice) para a área calva. O cabelo que é transplantado segue o ciclo normal de um fio e não cai mais.

DE ONDE SÃO RETIRADOS OS FIOS?

Na calvice a região occipital (atrás) e temporal (laterais) costumam ser poupadas do afinamento e rarefação e por isso são consideradas as áreas doadoras. Quando se retira fios com raízes dessa região e implanta na área calva, o fio segue o padrão da área doadora e não é afetado pela calvice, portanto, a raiz não cai mais.

QUANTOS FIOS PODEM SER TRANSPLANTADOS?

A quantidade fios a ser transplantada vai depender da necessidade de cada paciente e da área doadora. O que é retirado da área doadora não cresce mais naquele local, portanto, existe um numero máximo de fios que podem ser retirados de forma que não apareça a retirada. Isso depende do tamanho da área doadora de cada paciente É sabido que o paciente que mais precisa é o que menos tem, pois grandes calvices possuem área doadora restrita. Nestes casos é preferível priorizar a linha anterior e a região frontal, que devolvem a “moldura do rosto” e fazem aquela diferença entre ser calvo e não ser calvo..

CARACTERÍSTICAS DO CABELO

De forma geral o cabelo fino garante um resultado mais natural, porém da densidade menor. Já o cabelo grosso garante maior densidade, mas deve haver cuidado com a configuração da linha frontal. Quanto mais próximo a cor da pele e do cabelo, melhor será o resultado, pois o contraste é menor. Um artifício para potencializar o resultado em qualquer transplante de cabelo é manter o cabelo mais curto nas laterais e mais longo no alto da cabeça. O penteado para o lado é o que dá maior impressão de preenchimento, enquanto que o penteado para trás ajuda a cobrir uma coroa calva ou com pouco cabelo

A CIRURGIA
A linha frontal é uma das principais características no transplante, ela deve mimetizar ao máximo a linha normal de uma pessoa não calva que é uma linha suave, de transição, sem ser marcada.  Leva-se em conta o formato da cabeça, idade, prognóstico da calvície, densidade da área doadora, tipo de cabelo, cor do cabelo, contraste entre a cor da pele e do fio, etc. A segunda área mais importante é a região frontal que faz a moldura do rosto e é a mais vista de frente, portanto, nessa área a densidade deve ser maior. É por isso que pacientes que tem somente “entradas” precisam de considerável numero de enxertos para garantir uma alta densidade nessas áreas e o resultado mais natural possível. Em casos de calvice mais extensa, prioriza-se na maioria dos casos a região frontal, que é a moldura do rosto e irá causar melhor resultado.

QUAL A TÉCNICA USADA?

Técnica FUE É a conhecida como “fio a fio” em que se retiram unidades foliculares, uma a uma, da nuca e das temporas do cabelo para implantar na área calva. São retiradas com instrumentos cirúrgicos de 0.8 a 1mm que deixam microcicatrizes imperceptíveis na área doadora. Essa técnica permite também a extração de fios de outros locais como o da barba.

Técnica FUT É conhecida como técnica em faixa. Retira-se uma faixa da região occipital (nuca) e a partir dessa faixa disseca-se os folículos. Após a retirada, faz-se uma sutura para fechamento da área com posterior formação de cicatriz linear. Existem técnicas como a sutura tricofítica que melhoram o aspecto da cicatriz pós cirúrgica.

COMO É A ANESTESIA?

A anestesia é local, com aplicações direto no couro cabeludo e faz-se também um sedativo que permite o paciente dormir durante alguns períodos da cirurgia. Como o procedimento é longo, o paciente pode acordar, comer e ir no banheiro tranquilamente.

QUANTO TEMPO DURA A CIRURGIA?

A cirurgia é divida em 2 fases = extração e implantação, que consiste na retirada e colocação das unidades foliculares, respectivamente. Como o trabalho na FUE é artesanal, isso quer dizer, retira-se raiz por raiz de trás e lateral da cabeça para implantar na área doadora, a cirurgia dura de 6 a 8 horas.

PRÉ OPERATÓRIO

O pré operatório é feito com exames sanguíneos e avaliação cardiológica. No dia da cirurgia o cabelo deve estar no corte habitual, de preferencia mais comprido. A raspagem será feita no dia da cirurgia pela equipe. É aconselhável parar vasodiladores como o Minoxidil até 15 dias antes da cirurgia. Se você pinta o cabelo, o faça até 3 dias antes da cirurgia. Evite fumar por 14 dias antes e álcool por 3 dias antes. Pode tomar café da manhã habitual.

PÓS OPERATÓRIO

- No primeiro dia vai para casa com curativo que é retirado em 24 a 48 horas.

- Após retirada do curativo, procede-se a lavagem com borrifador e shampoo neutro.

- Para lavar o cabelo no chuveiro aguardar 1 semana, em geral.

- Utilizar pomada (prescrita no dia do transplante) na área doadora após a retirada do curativo.

- Dormir com travesseiro de viagem para apoio da cabeça durante 7 dias.

- Formará crostas na área doadora a partir de 2-6 dias que vão fazer a cicatrização total com 2 semanas geralmente

- Formará crostas na área receptora a partir do dia seguinte ao transplante

- Pode ocorrer edema (inchaço) na face na primeira semana.

- Evitar atividade física por 30 dias

- Evitar fumar por 14 dias.

QUANTO TEMPO PARA O RESULTADO FINAL?

Os fios transplantados caem após 4 a 6 semanas do transplante, porém, as raízes permanecem no couro cabeludo e voltam a crescer após 3 meses, em média. O resultado já e visto com 6 meses, mas o final é esperado com 1 ano.


Fale conosco agora